dar aulas cativantes

Você sabe dar aulas cativantes? Responda essas 10 perguntas!

4 comentários

Como dar aulas cativantes? Essa é uma pergunta que todo professor se faz de tempos em tempos (ou deveria fazer!). Não importa se está se preparando para a primeira aula ou se está fazendo uma reflexão como profissional experiente. Aliás, é exatamente isso que eu quero fazer aqui: uma reflexão a respeito da minha experiência nos últimos 20 anos como professor, gestor educacional e consultor pedagógico, atuando tanto na Suíça quanto no Brasil.

Criei um checklist para você verificar se está bem preparado para dar aulas memoráveis:

  1. Você gosta de dar aulas?
  2. Os alunos conhecem o objetivo da sua aula?
  3. Os seus alunos conhecem os critérios da sua avaliação?
  4. Você utiliza vários modelos de educação?
  5. Você utiliza várias ferramentas didáticas?
  6. Os seus alunos são ativos?
  7. Você sabe individualizar o ensino?
  8. Você equilibra bem as tarefas?
  9. Os seus alunos aprendem a aprender?
  10. Você tem prazer em adquirir mais conhecimento a cada dia?

Se a sua resposta for afirmativa, você cria a base que é preciso para dar aulas cativantes. Todos os alunos são capazes de sentir se você está engajado no seu trabalho ou não. Dar o máximo de si não garante a motivação dos alunos, já que eles têm 50% da responsabilidade para o sucesso, mas cria a base para o estabelecimento de uma atmosfera que promove o aprendizado. Portanto, crie um vínculo com os alunos, dê feedback coletivo e individual todos os dias. Elogie e faça críticas construtivas. Utilize uma linguagem adequada para a faixa etária ou grau de conhecimento do seu público. Respeite todos, estabeleça regras e coloque limites claros. Sim, colocando limites, você cria vínculo também!

PERGUNTA #02 – Os alunos conhecem o objetivo da sua aula?

Os seus alunos conseguem entender a estrutura da aula muito melhor sabendo onde você quer chegar. Definir um objetivo claro demanda tempo e é bem mais complexo do que parece, portanto reserve um tempo antes da aula para rever a sua meta. Uma ótima ferramenta para esse fim é a técnica SMART. Ela ajuda a criar objetivos (e)Specíficos, Mensuráveis, Atrativos, Realistas e com Tempo delimitado.

Para saber mais a respeito dos objetivos SMART, clique aqui!

Objetivos SMART

PERGUNTA #03 – Os seus alunos conhecem os critérios da sua avaliação?

Os seus alunos precisam saber de que forma você vai avaliá-los, preferencialmente desde o início da sequência de aulas. Explique para eles os critérios e sempre que for possível, utilize rubricas (veja link abaixo), para avaliar de forma justa e transparente. Após a prova, dê um feedback individual para cada aluno, de preferência, pessoalmente.  Varie as formas de avaliação: os alunos devem falar, ouvir, interagir, escrever e ler. Utilize portfólios, apresentações e debates.

Saiba mais sobre rubricas, clicando aqui!

PERGUNTA #04 – Você utiliza vários modelos de educação?

Conhecer vários modelos de educação é fundamental para você ser flexível para os acontecimentos muitas vezes imprevisíveis numa sala de aula. Quanto mais modelos você dominar, melhor. Saber aplicar o modelo montessoriano ou construtivista, por exemplo, é muito pertinente para algumas situações, mas não para todas! Eu, particularmente, me baseio nos seguintes 5 modelos do Prof. Dr. H. Siegenthaler, da Suíça: (1) educação pelo exemplo, (2) educação pela instrução, (3) educação pela observação, (4) educação pela cultura e (5) educação pela interação.

Para saber mais a respeito de modelos de educação, clique aqui!

PERGUNTA #05 – Você utiliza várias ferramentas didáticas?

Tão importante quanto conhecer vários modelos de educação é ter diversas ferramentas didáticas à sua disposição. O bom professor percebe na hora quando um método planejado não funciona da forma esperada. Em vez de ficar insistindo na estratégia, deve ter flexibilidade e optar por uma ferramenta mais adequada: plano semanal, ensino recíproco, aprendizagem com foco em competências, ensino cooperativo, oficinas, aprendizagem baseada em projetos, ensino híbrido, aula invertida, placemat. A lista é infinita! Entre os tools mais modernos que surgiram recentemente, vale a pena citar o Kahoot, plataforma online que engaja os alunos, principalmente por oferecer uma proposta digital.

Confira o Kahoot, clicando aqui!

PERGUNTA #06 – Os seus alunos são ativos?

Professor falando o tempo todo na frente da lousa é coisa do passado! Os seus alunos têm que debater, colocar a mão na massa, explicar, resumir, estruturar, praticar, questionar.  Pelo que eu observo nas minhas aulas, os alunos retêm mais do conteúdo estudado quando ensinam aos outros ou debatem um assunto de forma ativa, num grupo pequeno de 3 a 5 colegas. Como fazer isso na prática? Aplique o ensino cooperativo ou o ensino recíproco, por exemplo. São métodos que focam no ensino das competências que seus alunos devem aprender para a vida pessoal e profissional no futuro. Além disso, é importante que utilizem todos os sentidos e aprendam gradativamente com mais autonomia e responsabilidade.

Para saber mais a respeito do ensino recíproco, clique aqui!

como dar aulas

PERGUNTA #07 – Você sabe individualizar o ensino?

Cada aluno é diferente. Eles trazem diferentes bagagens e aprendem de maneiras distintas. Por isso eles não precisam fazer tudo no mesmo momento. Eles podem fazer exercícios diferentes. Portanto, individualize o ensino. Há décadas, existem métodos como o plano semanal que viabilizam esse cenário: enquanto alunos com mais dificuldades solucionam todas as questões básicas e intermediárias, os mais rápidos se aventuram com tarefas desafiadoras mais avançadas (que não fazem parte do currículo obrigatório). O professor contemporâneo é cada vez mais um coach, orientador e mentor que observa, aconselha e guia.

Quer saber mais a respeito de modelos de educação? Clique aqui!

PERGUNTA #08 – Você equilibra bem as tarefas?

Na pergunta #03, escrevi sobre a importância de variar as formas de avaliação: os alunos devem falar, ouvir, interagir, escrever e ler. Em outras palavras: mantenha um equilíbrio entre tarefas escritas (produção de texto relevante e interpretação de texto envolvente) e orais (falar, ouvir e sobretudo interagir para desenvolver uma comunicação com clareza). Faça a seguinte pergunta antes de cada atividade: o trabalho é significativo para os meus alunos? Um ótimo exemplo para exercitar a comunicação e promover o diálogo respeitoso é o Modelo das Nações Unidas (MUN). Confira os detalhes no link abaixo:

Confira o Modelo das Nações Unidas, clicando aqui!

PERGUNTA #09 – Os seus alunos aprendem a aprender?

Hoje em dia, quem está inserido no mercado de trabalho sabe que uma das competências essenciais é saber se atualizar constantemente, numa velocidade nunca antes conhecida. Alguns alunos sabem quase intuitivamente como absorver quantias enormes de conteúdos novos. Porém, muitos precisam ser instruídos para aumentar a qualidade de sua aprendizagem cotidiana. Faça os seus alunos refletirem a respeito do próprio aprendizado por meio de um diário de aprendizagem. O autoconhecimento os ajuda a ter cada vez mais domínio e autonomia a respeito dos estudos. Ensine não só métodos, os chamados study skills, mas também as competências socioemocionais como resiliência, empatia ou tomada de decisão.

Conheça o Projeto Âncora e sua proposta quanto ao tema “aprender a aprender”, clicando aqui!

PERGUNTA #10 – Você tem prazer em adquirir mais conhecimento a cada dia?

Um bom professor tem que ter uma ótima formação. Já durante a faculdade ele precisa fazer vários estágios sob a supervisão de um mentor. Durante esses estágios, ele precisa dar aulas, não só observar. Além da aquisição do conhecimento durante a formação, que é importante, ele precisará se reciclar o tempo todo, colocando na prática o lifelong learning (educação continuada). Ele precisa gostar de estudar, ter prazer em adquirir mais conhecimento a cada dia e refletir a própria experiência, por exemplo por meio da troca entre pares. Somente assim ele conseguirá despertar nos alunos o interesse pela matéria.

Gostou da lista? Acha que faltou um ponto importante? Compartilhe suas ideias abaixo!

***

Andreas Panse é suíço e mora no Brasil desde 2005. Formado em Pedagogia pela Universidade de Zurique, atua como consultor pedagógico na Escola Suíço-Brasileira. Leia mais…
Compartilhar

4 comentários em “Você sabe dar aulas cativantes? Responda essas 10 perguntas!”

  1. Bonjour Andreas! Très bon post comme d’habitude. Un de ces jours j’aimerais bien parler des questions 5, 6 et 7 avec toi, personnellement, si tu as le temps. Merci d’avance!

  2. Não sou professora ainda, pois estou em processo de formação pedagógica.Mas se possível serei uma professora cativante sim, porque irei trabalhar fundamentada do amor que Deus nos ensinou.

Deixe uma resposta